NOTÍCIAS TRAPICHE

Estudo aponta a criação de mais de 57 mil empregos nos próximos anos


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) divulgou, no dia 02/06/2017, o levantamento de uma pesquisa realizada para o Programa Primeiro Emprego, que tem como objetivo ajudar o sistema educacional a direcionar as vagas de qualificação para os seguimentos mais promissores, de acordo com as necessidades do mercado. Na pesquisa divulgada o setor de mineração está entre os setores mais promissores da Bahia.

A mineração cria uma forte esperança na criação de mais empregos e investimentos na Bahia: estima-se apenas em investimentos R$14,6 bilhões e, ainda, a ascendência de mais de dez mil empregos que serão dedicados principalmente às regiões de Jaguaquara, Brumado e Ilhéus.

Logo em seguida, o setor de alimentos também vem chamando muita atenção dos investidores que, segundo a pesquisa, preveem a aplicação de R$11,4 bilhões principalmente nas regiões de Jaborandi, Conde, Luiz Eduardo Magalhães e Juazeiro totalizando mais de quatorze mil empregos.

Os campos que vem ganhando destaque para os próximos anos são os de calçados, couro e componentes que tem uma previsão de investimentos de R$161,4 milhões com prevalência em Cachoeira, Amargosa e Itapetinga além da geração de mais de quinze mil empregos.

Segundo o diretor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jean Esdras, esta expectativa deve-se principalmente por consequência dos mais de 70 mil estudantes cursando educação profissional na Bahia que, ainda segundo Esdras, se destaca por ser o estado com a segunda maior rede de educação profissional do Brasil.

Para visualizar a pesquisa de forma mais detalhada e esquematizada publicada pelo site da SDE: LINK

Em Destaque
Noticias Recentes