NOTÍCIAS TRAPICHE

EXPOSIBRAM 2019 abre espaço para projetos voltados às comunidades, apoiados pela mineração




Os projetos sociais das comunidades apoiados pelas empresas de mineração terão espaço para mostrarem, aos milhares de visitantes da EXPOSIBRAM 2019, seus resultados, que, inclusive, geram renda, e são apoiados pelas companhias mineradoras. O ESTANDE SOCIAL estará localizado no foyer nível 2 do espaço de exposições. Até agora, estão confirmados vários projetos, apoiados pelas mineradoras AngloGold Ashanti, Anglo American, Gerdau e RHI Magnesita.


A iniciativa é do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), organizador da feira. A proposta é proporcionar ao público visitante, estimado em 45 mil pessoas de várias partes do mundo, a oportunidade de conhecer a realidade de comunidades que contam com a parceria socioeconômica e cultural da mineração.


A EXPOSIBRAM foi realizada entre os dias 9 e 12 de setembro de 2019, no Expominas, em Belo Horizonte (MG).


Confira a seguir os projetos que participaram no ESTANDE ARTESANATO:


Projetos apoiados pela AngloGold Ashanti


A cor da Cultura – O Centro de Negócios Afro Culturais “A Cor da Cultura” é o primeiro negócio social do Brasil, sediado em Sabará/MG, criado em 2018, para atuar como uma produtora cultural negra agregada a um centro de comercialização de produtos e serviços, que fomenta e valoriza a diversidade cultural brasileira. Essa ideia foi concretizada, graças ao patrocínio da mineradora AngloGold Ashanti, em 2018, passando para a fase de aceleração em 2019, devido ao impacto social já alcançado ao trabalhar a inclusão socioprodutiva como estratégia de geração de renda e sustentabilidade para afrodescendentes que atuam como produtores de cultura em toda a sua dimensão.


Desbravadores – A entidade desenvolve, desde 2018, com apoio da AngloGold Ashanti, o negócio Nutrimalte, que consiste no empoderamento de jovens por meio da produção e comercialização de pães feitos com o bagaço do malte da cerveja. Este material é recolhido, tratado e depois incluído na receita de elaboração dos produtos.


Centro Infatil de Caeté – É uma instituição sem fins lucrativos, constituída em 28 de novembro de 1983 e prioriza as ações voltadas para a política de assistência social. O projeto Arte Jovem em Tapeçaria visa o empoderamento dos jovens de 18 a 29 anos residentes em áreas de vulnerabilidade de Caeté, por meio de técnicas de confecção de tapetes e afins para a geração de renda, contribuição econômica e empreendedora para sustentabilidade. O apoio da AngloGold Ashanti, por meio do programa Parcerias Sustentáveis, possibilitou a realização, em primeiro momento, da tapeçaria e a formação de 30 jovens.


Produtos que o projeto vai expor: Tapetes arraiolo, esmirna e fio de malha; quadros com bordados de ponto de cruz; almofadas com bordados de arraiolo; jogos americanos de chita, juta com fitas e aplicações; caminhos de mesa de juta com fitas e bordados; porta guardanapos de juta e fitas; mandalas ( tamanhos P, M e G) técnicas variadas; puxa sacos, bate mão, porta galão, porta botijão , pano de prato e forro de fogão; cobre lanche e cobre jarra de filó, organza com aplicações e pedrarias; descanso de panelas de juta com bordados; imagens de Nossa Senhora com aplicações.


Brumal e Seus Encantos – A Associação das Tecelãs de Brumal é constituída por um grupo de mulheres tecelãs e outras artesãs da comunidade, que encontraram na tecelagem sua forma de produção, expressão e de contribuição para a economia familiar por meio da venda de seus produtos. O projeto é resultado do amadurecimento do trabalho das tecelãs de Brumal ao longo de anos, e também das orientações de consultorias, parceria possibilitada por meio do programa Parcerias Sustentáveis, da AngloGold Ashanti, em 2018.

Produtos que o projeto vai expor: tapeçaria artesanal produzida em teares mineiros de pente, laços e pedais. Produtos mixando diferentes modalidades de artesanato: tecelagem/costura/bordado/crochê, como: almofadas, estandartes, bolsas e peças para o vestuário.


Cooperativa Dedo de Gente – A Cooperativa conta com o apoio da AngloGold Ashanti para gerar oportunidades de desenvolvimento humano e profissional a jovens em três cidades mineiras: Curvelo, Araçuaí e Raposos. Os jovens participam de uma formação pedagógica e técnica continuada e integram fabriquetas de economia solidária. Nelas, aprendem um ofício e encontram espaços para diálogo, convivência, criação e estímulo ao protagonismo. Em cada fabriqueta há mestres e todos são aprendizes. A Dedo de Gente foi criada em 1996, como desdobramento do trabalho do Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (CPCD).


Ateliê Art Pallets – A Associação dos Artesãos de Barão de Cocais faz reaproveitamento de pallets na construção de móveis, objetos de decoração e utilitários diversos. Além de fomentar o reaproveitamento de materiais, a iniciativa fortalece a cultura local e contribui para a geração de receita a todos osenvolvidos, facilitando o crescimento intelectual e profissional.

Produtos que o projeto vai expor: móveis em pallets.

Projetos apoiados pela Gerdau


Pata da Loba – É um grupo de mulheres da comunidade de Lobo Leite – Congonhas (MG), que, com o apoio da Gerdau, encontraram uma forma de aumentar a renda familiar e melhorar a qualidade de vida, por meio do artesanato. Com várias técnicas em pontos livres, arabescos, tramas e os detalhes das bainhas abertas, produzem peças intituladas “Tesouros de Minas” como: almofadas, bolsas, necessaires, panos de mesa etc.


Projeto Vem Ser/Instituto Miguel Fernandes Torres – Organização não governamental de Ouro Branco (MG) que visa promover a transformação e o crescimento pessoal de crianças e adolescentes através de valores e virtudes. Com apoio da Gerdau, cria oportunidades para atividades de integração e desenvolvimento pessoal, social, educacional e profissional.


Roda de Conversa – Grupo de Mulheres da Comunidade de Miguel Burnier,de Ouro Preto (MG), que promove encontros quinzenais por meio do apoio do Programa Gerdau Germinar. Tem o objetivo de fortalecer a autoestima das participantes buscando o autoconhecimento e o melhor entendimento das relações humanas, inserindo-as na coletividade.

Produtos que o projeto vai expor: Artesanatos feitos com bucha e palha de milho.

Projetos apoiados pela RHI Magnesita


Vínculos Sustentáveis – a mineradora apoia a comunidade situada no entorno de seu empreendimento a fabricar vassouras, produtos que serão levados para exibição na feira.

Fábrica de Alho/Alho da Casa – A empresa Alho da Casa desempenha, entre as quais, o beneficiamento de alho descascado e produção de molhos e temperos diversos, que são vendidos e entregues na região metropolitana de Belo Horizonte. O projeto apoiado pela RH Magnesita tem, entre seus objetivos:

  • Gerar vagas de emprego para mulheres moradoras da região de Nova Contagem, ampliar renda e melhorar qualidade de vida;

  • Promover condições de trabalho adequadas no beneficiamento de alho garantindo a segurança de trabalho e direitos trabalhistas;

  • Erradicar a exploração de mão de obra infantil no descasque de alho clandestino na região de Nova Contagem;

  • Ampliar o número de vagas para crianças na creche da Casa de Apoio à Criança Carente de Contagem – Unidade Ipê Amarelo, garantindo a possibilidade de inclusão das mais mulheres no mercado de trabalho;

  • Financiar outros projetos sociais da Casa de Apoio à Criança Carente de Contagem, com os recursos da venda do alho descascado produzido no beneficiamento do alho.

Patrocínios da EXPOSIBRAM


Até o momento, a EXPOSIBRAM conta com o patrocínio de: Nexa Resources (diamante), Vale (diamante), Anglo American (ouro), AngloGold Ashanti (ouro), Mosaic Fertilizantes (ouro), Kinross (prata), ArcelorMittal (bronze), Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (bronze), CMOC International Brasil (bronze), Dassault Systèmes(bronze), Geosol (Bronze), Gerdau (bronze) e Mineração Taboca (bronze).


Fonte: http://portaldamineracao.com.br/exposibram-2019-abre-espaco-para-projetos-voltados-as-comunidades-apoiados-pela-mineracao/

Em Destaque
Noticias Recentes