top of page

NOTÍCIAS TRAPICHE

A ABB investe em startup para reduzir emissões de cimento



A ABB, uma empresa de automação, realizou um investimento estratégico na startup sueca Salt X, que está desenvolvendo tecnologias para substituir o gás natural por energia renovável na calcinação de cimento e cal viva. Este processo inovador tem o potencial de redução significativamente das emissões de carbono associadas à produção de cimento. Com esse transporte de capital, a ABB tornou-se acionista minoritária da Salt X, posicionando-se para beneficiar-se dos futuros dividendos gerados por essa tecnologia disruptiva. Essa colaboração destaca o esforço contínuo da indústria cimenteira, e de outros setores onde a descarbonização é desafiadora, para reduzir seu impacto ambiental.


Desde 2022, a Salt X, com apoio da ABB, vem desenvolvendo uma tecnologia de plasma elétrico, alimentada por energia renovável, capaz de substituir o gás natural em processos de calcinação que excluem temperaturas acima de 900 graus Celsius. Esta inovação tem o potencial de eliminar as emissões de combustíveis fósseis na produção de cimento, contribuindo significativamente para a redução da pegada de carbono da indústria cimenteira, responsável por até 7% das emissões globais.


A empresa está colaborando com sua expertise em automação e sistemas de controle para aprimorar o processo de calcinação do Sal X. Simultaneamente, a indústria busca alternativas, como geopolímeros e aditivos químicos, para reduzir ainda mais as emissões, utilizando menos clínquer e reutilizando resíduos industriais na produção de cimento.


Além disso, a ABB liderou o desenvolvimento da calcinação do arco elétrico, gerando uma redução significativa das emissões nas grandes indústrias cimenteiras. Michael Marti, membro da empresa de automação, enfatiza o compromisso da empresa com a descarbonização do setor, destacando as soluções de automação já disponíveis que melhoram a eficiência e economizam energia. A parceria com a Salt X reforça essa direção, embora detalhes financeiros e prazos para a comercialização da nova tecnologia ainda não tenham sido divulgados.


Comments


Em Destaque
Noticias Recentes
bottom of page