NOTÍCIAS TRAPICHE

Pepita de ouro de R$ 112 mil achada em buraco de tatu preocupa cidade baiana


Há duas semanas um ocorrido vem movimentando muito os moradores de SantaLuz, município baiano, que vem recebendo cada vez mais pessoas de toda a região após a descoberta de uma pepita de ouro de 804 gramas avaliada em torno de R$112 mil.


A Agência Nacional de Mineração (ANM) declarou que a pepita foi encontrada por um caçador, em uma área de pesquisa mineral, ao quebrar uma pedra que encobria um buraco onde um tatu estava escondido. A área de pesquisa vem sendo usada pela mineradora Brio Gold, que opera na região por meio da Santaluz Desenvolvimento Mineral LTDA, e não se manifestou sobre o caso.


A imagem da pepita encontrada acabou circulando na internet e atraiu cerca de 500 garimpeiros da região, que, segundo a Agência Nacional de Mineração (ANM), já conseguiram extrair mais de 11 quilos de ouro.


O garimpo ilegal está causando nos moradores medo e sensação de apreensão, que temem pela quantidade de pessoas em busca de um mesmo bem comum como relatou a atendente de supermercado Ana Santos Costa: "Todos os dias a gente ouve falar desse ouro, que tem um monte de gente lá. Aqui na cidade ainda não alterou nada, mas a gente teme que pessoas de outros locais possam vir e causem algum problema".


A polícia federal já esteve no local para realizar apreensões de materiais utilizados no garimpo ilegal mas sem sucesso, visto que dias após os garimpeiros já estavam de volta e a cada dia que passa esse número cresce mais.


Dentre todos os estados brasileiros a Bahia é o quarto que mais extrai ouro, chegando a 93.920,47 kg, segundo levantamento sobre extração de ouro no Brasil realizado em 2016 pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM).


Fonte: http://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pepita-de-ouro-de-r-112-mil-achada-em-buraco-de-tatu-preocupa-cidade-baiana/

Em Destaque
Noticias Recentes