top of page

NOTÍCIAS TRAPICHE

Demanda da China é vista com otimismo pela BHP



A mineradora global BHP Group Ltd apontou otimismo em relação a demanda da China, principal consumidor da companhia atualmente. Mesmo com a produção de minério de ferro relativamente estável na Austrália Ocidental no primeiro trimestre de 2023, a companhia indicou manter uma perspectiva positiva para a demanda por commodities do país.


Os preços do minério de ferro apontaram crescimento nos primeiros três meses de 2023. Os números são reflexos de um otimismo relacionado a recuperação econômica na China, após flexibilização das restrições contra a Covid-19, desde dezembro de 2022.


"Recentes compromissos com clientes na China e na Índia reafirmaram nossa perspectiva positiva para a demanda de commodities", apontou o CEO da BHP, Mike Henry.


"A recuperação econômica da China e o sólido impulso no crescimento da siderurgia da Índia (estão) ajudando a compensar o impacto da desaceleração do crescimento nos EUA, Japão e Europa", seguiu.


Maior mineradora listada do mundo, a BHP elevou a previsão anual para a produção de minério de ferro da Austrália Ocidental de 278 milhões a 290 milhões de toneladas. Já o custo unitário adicional do minério de ferro da Austrália Ocidental foi calculado de 18 a 19 dólares por tonelada.


A BHP tem previsão de assumir o controle da mineradora de cobre OZ Minerals a partir de maio. A companhia manteve as projeções de produção de cobre entre 1.635 mil toneladas e 1.825 mil, mas reduziu a previsão de produção do projeto de cobre escondida no Chile para entre 1.050 mil e 1.080 mil toneladas.


Segundo a mineradora, o trimestre finalizado em 31 de março apontou um total na produção de minério de ferro das minas que opera na Austrália Ocidental de 66,2 milhões de toneladas, em comparação com 66,7 milhões do mesmo período de 2022.


Comments


Em Destaque
Noticias Recentes
bottom of page